prazersecreto

prazersecreto
muito prazer

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Julia, Lilian e um primo

Ei, Kaplan, lembra que te contei do dia em que dois primos meus me seduziram e me comeram na casa deles? Eu terminei aquele relato contando que um deles, o Mateus, me pediu para convencer a minha irmã, a Lílian, a participar. E eu consegui convence-la. Só que no dia em que nós duas marcamos para ir, apenas o Mateus estava lá. O Everton teve de sair. Ficamos um pouco desapontadas, mas não iríamos perder a caminhada, ainda mais que o pinto do Mateus era o mais gostoso dos dois!
Então sentamos na cama com ele, que já estava sem camisa e ficamos dando uns amassos nele. A Lilian adora morder os mamilos dos caras com quem ela fica e foi isso que ela fez, deixando o Mateus arrepiado. Eu beijava seu peito, passava a mão nele, enroscava os dedos em seus cabelos. Ele foi ficando cada vez mais excitado e nós duas também.
Dos mamilos, a Lilian passou para a boca, beijando-o sem parar. Eu continuava a beijar o peito dele e minha mão já se aproximava do pinto dele, que eu via fazendo um belo volume debaixo da calça jeans. Logo tiramos a calça dele e a Lilian comentou que eu não havia mentido. O pinto dele era soberbo, pegamos nele e começamos a lamber ao mesmo tempo. De vez em quando nossas línguas se tocavam e a gente ria, mas estava muito gostosa aquela chupação.
Safadinho, o Mateus pediu que tirássemos as roupas uma da outra. Sem problema, tiramos as camisetas e depois as calças, e finalmente as calcinhas. Ele ficou admirando mais o corpo da Lilian, claro, o meu ele já conhecera e provara, o dela era novidade. Aí o safadinho pediu que a gente desse uns amassos nos seios uma da outra. Você sabe que eu não gosto muito dessas coisas, mas era minha irmã, então peguei nos seios dela, ela pegou nos meus e ela acabou beijando os meus, ai eu também beijei os dela.
Mas o nosso interesse era o pinto dele, então voltamos para a cama, a Lilian voltou a chupar o pinto do Mateus e eu me recostei no peito dele, que na mesma hora mandou a mão nos meus peitinhos e ficou puxando meus biquinhos.. hummm… que delícia que era aquilo!
Depois voltamos a chupar ao mesmo tempo o pintão, a Lilian volta e meia largava o pinto dele, ia para a boca, beijava até… e voltava para o pinto. Eu me contentava só em chupar o pinto dele, uma gostosura só!
Ai a Lilian se posicionou para ser comida. Também achei certo, porque eu já tinha provado o priminho, ela não. Logo, nada mais justo do que ela ser a primeira naquela tarde. Deitada de costas na cama, ela viu o belo pinto ir entrando aos pouquinhos na xotinha dela…e eu via também, pois estava atrás do Mateus, abraçada nele, encostando minha xotinha na bunda dele…
Fiquei mais afastada depois, só olhando. Ele meteu sem parar, até gozar. Então nos deitamos na cama, ele no meio de nós duas. E ai foi a minha vez de excitá-lo porque também queria ser comida por ele. Beijei-o bastante, e a Lilian me ajudou, fazendo carinhos no peito dele, pondo a mão no pinto dele… ficamos assim, até ver que o pinto dele reagia e voltava a endurecer… a Lilian chupou bastante o pinto dele, enquanto eu me deliciava com os beijos que a gente dava. Então ele ficou “no ponto”…
Então a Lilian sentou-se na cama, eu fiquei de joelhos na frente dela e ela ficou segurando em meus peitos. O Mateus chegou por trás de mim e começou a enfiar o pintão lindo em minha xotinha, por trás. Você sabe como eu gosto disso, né Kaplan? Quantas vezes… ah…deixa eu voltar para o Mateus…
Depois de meter bastante assim, ele me deitou na cama, deitou-se sobre mim e me comeu de novo, com a Lilian assistindo tudo e tesando ele com as unhas e as mãos…ela apertava a bunda dele e o ajudava a colocar o pau totalmente dentro de mim. Estava maravilhoso! Gozei como uma louca!
Como ele não tinha gozado, voltou a comer a Lilian, que achou maravilhoso também.
Nossa, Kaplan, aquela tarde foi divina! Espero que outras aconteçam, inclusive com o Everton participando também, ai te conto. Se quiser publicar no blog, está autorizado.
Beijão,
Julia.
tudo o que vc procura esta aqui na sua sex shop

Nenhum comentário:

Postar um comentário